Aos 46 anos, morre homem que criou desafio do balde de água gelada.

há 2 anos
241

O homem que criou o desafio do balde de água gelada como incentivo às doações aos portadores de ELA (Esclerose Lateral Múltipla) vítima da doença, aos 46 anos. 

“É com muita tristeza e o coração pesado que nós anunciamos a morte de Anthony Senerchia”, afirma o comunicado. “Anthony teve uma corajosa batalha contra a ELA e nós agradecemos aos avanços obtidos pelo apoio à fundação, que continuará usando 100% das doações para pesquisa e ajuda às vítimas da doença.”

Quando lançou o desafio, em 2014, Senerchia conseguiu que 17 milhões de pessoas publicassem vídeos no Facebook, assistidos por 440 milhões de pessoas, de acordo com a BBC.

Foi por meio das doações incentivadas por esses vídeos – em que aqueles que fossem desafiados e não postassem o vídeo doavam uma quantia para a fundação – que uma pesquisa pode identificar um gene relacionado à ELA, o Nek1.

Pelo alcance da iniciativa, o balde que iniciou a campanha foi incorporado ao acervo do Museu Nacional da História Americana, em Washington (EUA). O desafio foi seguido por celebridades como Neymar, Taylor Swift, Ivete Sangalo, Bill Gates, Gisele Bündchen, entre outros.